BLOG / INFORMAÇÕES


Casamento religioso
//03/07/09

Um "casamento religioso" ou "matrimônio religioso" é uma celebração em que se
estabelece o vínculo matrimonial segundo as regras de uma determinada religião ou confissão religiosa.
O casamento religioso submete-se tão somente às regras da respectiva religião e não depende, segundo a religião em que se celebra, do seu reconhecimento pelo Estado ou pela lei civil para ser válido.

Música
//03/07/09

O casamento é um momento único e por este motivo, tudo deve ser cuidadosamente planejado.
As músicas marcam épocas e trazem consigo recordações de vários momentos. Elas jamais são esquecidas e todas que forem tocadas, trarão as origens de seus momentos. Por isso, na hora de escolher as que serão tocadas durante a cerimônia e a festa, lembre-se que a música ideal é aquela que traz boas lembranças aos noivos
O ideal é escolher as músicas com antecedência de oito meses a um ano, pois fazer um planejamento de quais instrumentistas escolher e quais serão as músicas selecionadas para cerimônia e recepção.
Peça ao músico uma demonstração ao vivo de seu trabalho, com certeza ele terá um imenso prazer em atendê-la e isto evitará transtornos.

Lua de mel
//03/07/09

 

Assim como a festa de casamento, a sua viagem precisa ser planejada, afinal depois de tanta correria o que você menos quer é aborrecimento na lua-de-mel. Para tanto, você precisa tomar algumas providências.
Em primeiro lugar você precisa decidir o destino de sua viagem, isso facilita quando for solicitar orçamento.
Dê preferência a pacotes turísticos
A Lua-de-Mel não é um simples passeio de férias, mas sim a primeira e a mais importante viagem romântica que um casal faz, marcando o início de uma nova etapa em suas vidas. É a primeira oportunidade onde marido e mulher deixam suas rotinas para desfrutarem essa experiência que tem data para começar, mas não tem para terminar. É por esse motivo que um ditado conhecido vem sendo adaptado para os dias de hoje: Quem casa, viaja!

 

Decoração
//03/07/09

 

A decoração além de beleza deve trazer aos convidados a sensação de bem estar seja do mais simples ao mais requintado. É também através dela que podemos sentir o “clima” do casamento seja este formal, mais descontraído, romântico ou temático.
Quando escolher a decoração para casamento tenha em mente uma segunda opção, pois a natureza pode não ajudar. As variações climáticas podem prejudicar determinadas espécies, que acabam não sendo encontradas.
Mas se houver uma segunda opção, é sempre possível realizar o sonho dos noivos.
A decoração é um dos aspectos mais importantes de um casamento. Isso porque é a decoração quem dá ao casamento sua atmosfera única, personalizada.
A decoração de um casamento é o mais dominante elemento visual, especialmente a decoração da recepção. Esta é, definitivamente, uma área que merece todo o foco de uma assessoria.

 

Presentes
//03/07/09

 

 

 
Hoje em dia é muito comum os noivos deixarem uma lista de presentes em lojas especializadas. É mais prático para o casal, e para os convidados que não correm o risco de darem presentes repetidos. Apenas tenha o cuidado de escolher coisas de vários preços.

Se preferir informe a lista apenas àqueles que perguntarem.
 
Quando oferecer
O presente de casamento deve ser enviado de preferência antes do dia do casamento. Logo que receba o convite de casamento deve tentar tratar de enviar um presente com alguma brevidade. Usualmente usa-se enviar o presente de casamento para a casa da noiva, mas pode ser enviado para a casa de um dos noivos. Se preferir também pode enviar o presente depois do dia do casamento - no máximo até 1 mês. Os presentes de casamento não devem ser entregues no dia do casamento, pois nem sempre existe alguém para os guardar e os noivos certamente que não vão estar a pensar nisso durante o dia.
Quanto gastar
Para isto não existem propriamente regras, deve considerar o quanto pode gastar e conjugar isso com a sua proximidade emocional com os noivos.


 
Presentes da lista de casamento
As listas de casamento são feitas para facilitar a vida a todos: aos noivos que recebem menos presentes repetidos ou indesejados e aos convidados que não têm de andar de loja em loja à procura de um presente adequado. Mas se não pretender oferecer um presente da lista de casamento não tem de o fazer. Isto é meramente opcional.
Oferecer dinheiro como presente
É uma questão de opção. Embora alguns noivos prefiram dinheiro, nada diz que tem de o fazer. Pode simplesmente oferecer um presente que considere ser adequado. Pode também oferecer algo intermédio: um cheque-prenda de uma loja à sua escolha, onde mais tarde os noivos poderão dirigir-se e adquirirem um produto escolha deles.
2